Carrinho de Compras

O carrinho ainda está vazio

Cabeça de S. Cristóvão

No domingo dia 12 de Janeiro decorrerá na cidade de Gaia a centenária romaria a S. Gonçalo, com o seu climax por volta das 17 horas na Igreja de Mafamude.

 

Vá à romaria pedir um bom ano de 2014 e venha ao Solar Condes de Resende ver a antiga cabeça de S. Cristóvão, recentemente restaurada, pertença da Coleção Marciano Azuaga.

A todos os visitantes, até ao dia 19 de Janeiro, será oferecido o livro com o conto S. Cristóvão de Eça de Queirós, a obra onde o escritor exprimiu «o seu ideal mais alto» (António Sérgio), gentileza da Confraria Queirosiana e do Grupo Leya. Entrada grátis entre as 9 e as 19 horas.

 

 

 

A Jóia do Mês

do Solar Condes de Resende

 

Janeiro de 2007

Janeiro de 2014

 

Designação:   Cabeça de São Cristóvão

Materiais:      Madeira pintada; dois pequenos aros de ferro junto da base; argola metálica no cimo da nuca!

Dimensões:    58x40x40cm

Peso:              12 kg

Função:          Figura de proa de veleiro?

                        Imagem do padroeiro dos barqueiros da Beira-rio (Vila Nova de Gaia).

Autor/Oficina: Desconhecidos

Local de produção:    Estaleiros de Vila Nova?

Cronologia:     Século XVIII

Proveniência:  Apreendida na igreja de Mafamude aos Mareantes do Rio Douro antes de 1900.

Estado de conservação: Restaurada

Intervenções: 2013 por Carmo Restauro.

Fundo: Colecção Marciano Azuaga

Data da incorporação: 1900

Nº de inventário: 2710-35

História da peça: Esta imagem era levada todos os anos no domingo a seguir ao dia 10 de Janeiro à igreja de Mafamude na Festa de São Gonçalo, como totem dos Mareantes do Rio Douro, acompanhada da imagem de São Gonçalo e de um figurante vestido de frade a representar São Roque. Em data imprecisa, mas antes de 1900, o seu portador não cumpriu a tradição de entrar naquela igreja com ela voltada para o peito e, por isso, ficou apreendida. Em 1900 foi oferecida pelo Dr. Bernardo Lucas, advogado, poeta e professor, a Marciano Azuaga, coleccionador que em 1904 oferece a sua Colecção à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, então exposta ao público no seu “Museu” situado na Fervença, o qual vem a fechar nos anos trinta. Tendo o seu espólio sido disperso e encaixotado, em 1987 os núcleos arqueológicos, etnográfico e outros foram depositados no Solar Condes de Resende onde têm vindo a ser estudados e expostos.

Bibliografia:   GUIMARÃES, J. A. Gonçalves (2006) – «A Legenda cristoforiana na História e na Geografia». In QUEIRÓS, Eça de (2006) – S. Cristóvão. Vila Nova de Gaia: Edições Gailivro, p. 213-229 e respectiva bibliografia.

Anotador:       J. A. Gonçalves Guimarães

Profissão/cargo: Arqueólogo; director do Solar

Data: Outubro 2006/Janeiro de 2014

Loja Online

3,00 € cada
60,00 € cada
10,00 € cada
3,00 € cada
15,00 € cada