J. Rentes de Carvalho no Solar

 

 

         Integrado no programa de homenagem da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia ao escritor J. Rentes de Carvalho, decorreu no passado dia 19 um capítulo extraordinário da Confraria Queirosiana com a presença do homenageado, tendo sido insigniados Francisco José Viegas, escritor e editor, e Hélder de Carvalho, escultor. Deste acontecimento mantém-se aberta ao público a exposição «J. Rentes de Carvalho. Vila Nova de Gaia, 1930», com parte do seu espólio aqui depositado, tendo ficado também patente o seu busto da autoria daquele escultor com atelier em Vila Nova de Gaia.

 

 

Transparência dos Meios de Comunicação Social 2018

Em cumprimento do artigo 6º, n.º 3, da Lei nº 78/2015 de 29 de julho a associação Amigos do Solar Condes de Resende – Confraria Queirosiana publica a informação que foi disponibilizada a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) no passado dia 27.04.2018.

 

files/ERCComprovativo-Amigos_do_Solar_Condes_de_Resende_-_Confraria_Queirosiana.pdf

 

Revista de Portugal n.º 14

 

files/Revista_de_Portugal_n__14.pdf

15.º Grande Capítulo Confraria Queirosiana

15º Capítulo Confraria Queirosiana

25 novembro de 2017

A Mesa da Confraria agradece publicamente o contributo do Conservatório de Música de Gaia, dos Eça Bem Dito, da estilista Maria José Gomes e da Academia de Dança Gente Gira para o encantamento da noite de aniversário de Eça de Queirós. 
Fotografias de Miguel Pena.

Ler mais...

15º Grande Capítulo Confraria Queirosiana

Foto: Susana Moncóvio

15º Grande Capítulo

Confraria Queirosiana

25 de novembro, sábado, 17.30 horas, 2017

Solar Condes de Resende

Como habitualmente, e desde 2003, a Confraria Queirosiana comemorou o aniversário de Eça de Queirós no Solar Condes de Resende, a Casa onde o escritor se apaixonou por aquela que viria a ser sua esposa, realizando aí o seu Grande Capítulo anual. Esta festa reúniu os confrades espalhados pelo país, gente das mais diversas profissões e ocupações que testemunharam a insigniação dos novos confrades de número (apreciadores e cultores da obra de Eça de Queirós) e os confrades de honra (aqueles que já se distinguiram na divulgação da vida e obra de Eça de Queirós), nos graus de Leitores, Louvados e Mecenas.

Estiveram igualmente presentes outras Confrarias e entidades ligadas à Cultura e à Gastronomia, nomeadamente a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas. O discurso de abertura do capítulo foi proferido pelo presidente da direção, Prof. Doutor José Manuel Tedim, que fez o balanço das atividades desenvolvidas no presente ano e as perspetivas para 2018. Foram ainda lançados o n.º 14 da nova série da Revista de Portugal, fundada em 1889 por Eça de Queirós, apresentado pelo seu diretor o egiptólogo Prof. Doutor Luís Manuel de Araújo, e lançadas duas teses de mestrado de investigadores do Gabinete de História, Arqueologia e Património, Mestres Licínio Santos e Maria de Fátima Teixeira pelos respetivos orientadores da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Professores Doutores Gaspar Martins Pereira e Jorge Fernandes Alves. Foram igualmente assinados vários protocolos de colaboração, edição e doações à Confraria.

Após o encerramento da sessão os confrades depositaram uma coroa de louros na estátua de Eça de Queirós no Jardim das Camélias e visitaram o Salon d´ Automne queirosiano 2017, onde estão expostas obras de artistas sócios e confrades.

Seguiu-se o jantar de confraternização, com a atuação do grupo cantante “Eça Bem Dito” e um desfile de moda pela estilista Maria José Gomes, terminando as comemorações com o habitual Baile das Camélias, com a exibição de dançarinos profissionais da Academia de Dança Gente Gira e o convite à valsa para todos os presentes.

 

A Mesa da Confraria

Ler mais...

Loja Online

10,00 € cada
Sem stock
3,00 € cada
3,00 € cada
10,00 € cada
40,00 € cada