Carrinho de Compras

O carrinho ainda está vazio

20º Capítulo Queirosiano - 2022



Capítulo da Confraria Queirosiana 2021: Jardim das Camélias do Solar Condes de Resende

20º Capítulo – 2022
19 de novembro, sábado, 11 horas


BOLETIM DE INSCRIÇÃO

Caro Associado/ Caro Confrade/ Caro Amigo:

No passado ano de 2021 retomamos a realização presencial do Capítulo da nossa Confraria, depois de em 2020 e termos feito por videoconferência. Este ano os Amigos do Solar Condes de Resende - Confraria Queirosiana vão comemorar o aniversário de Eça de Queiroz no próximo dia 19 de Novembro, tal como no passado ano, a partir das 11 horas da manhã com um balanço de atividades, lançamento do n.º 19 da Revista de Portugal, e entronização de novos confrades, a que se seguirá o habitual almoço com animação, além de outros contributos queirosianos, conforme programa anexo. Gostaríamos de lhes dizer o quanto é grato reunir, pelo menos uma vez por ano, muitos dos nossos associados, confrades e amigos nesta Casa Queirosiana internacional.
Como habitualmente o evento decorrerá no Salão Nobre, no Jardim das Camélias e no pavilhão do Solar.
Para estar connosco nesse dia grande da nossa Confraria pedimos-lhe que preencha a ficha abaixo indicada e a devolva o mais brevemente possível.
Mande-nos já a sua inscrição: o pagamento poderá ser feito depois, até 15 dias antes, por transferência bancária.

A direção

Programa e inscrições

Palestra das últimas quintas-feiras do mês - junho

Nas presentes comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil, tem-se falado na deslocação do coração de D. Pedro IV até ao país irmão num ato simbólico.
Estando depositado na Igreja da Lapa no Porto, poucos saberão que o mesmo esteve para ficar na igreja do Mosteiro da Serra do Pilar e porque tal não aconteceu.

Nesta palestra iremos lembrar as ligações de D. Pedro IV ao baluarte da Serra do Pilar durante o Cerco do Porto. 

Entrar na reunião Zoom
https://us02web.zoom.us/j/83448279928?pwd=ORFpD9H7aYDerR63PXMQkng782MmZ6.1

ID da reunião: 834 4827 9928
Senha de acesso: 599641

Palestra das últimas quintas-feiras do mês - 26 de maio

O julgado de Gaia na Idade Média encontrava-se dominado por importantes senhorios eclesiásticos e nobres. Partindo das Inquirições régias de 1288 e dos Livros de Linhagens medievais (e outras fontes documentais) pretendemos apresentar onde se localizavam os senhorios da nobreza e quem eram os seus detentores. De todos, vamos analisar, sobretudo, os senhorios pertencentes aos rangos elevados da nobreza medieval e conhecer como evoluíram genealogicamente, quanto aos seus ancestrais e sucessores no século XIV. 

Entrar na reunião Zoom
https://us02web.zoom.us/j/81432916318?pwd=ai94S21hWUtpSkZ3TjcraWZjS0VaQT09

ID da reunião: 814 3291 6318
Senha de acesso: 610061

Lançamento dos n.ºs 08 (2019) e 09 (2020) da Revista Douro. Vinho, História e Património.

CONVITE

A Vereadora do Pelouro da Cultura e da Programação Cultural da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eng.ª Paula Carvalhal; o Presidente da Direção da Associação Portuguesa da Vinha e do Vinho (APVHIN/GEHVID), Prof. Doutor António Barros Cardoso e o Presidente da Direção dosAmigos do Solar Condes de Resende – Confraria Queirosiana, Prof. Doutor José Manuel Tedim, convidam V.Ex.ª a estar presente no lançamento dos n.os 08 (2019) e 09 (2020) da revista Douro. Vinho, História e Património. Wine, History and Heritage, que terá lugar no sábado, 2 de julho, pelas 17 horas, no Solar Condes de Resende em Canelas - Vila Nova de Gaia.

Atuação do grupo coral Eça Bem Dito e de José Bordelo em guitarra clássica seguidas de Porto de Honra

Palestra das últimas quintas-feiras do mês - 28 de abril

“Núcleo de azulejos da Coleção Marciano Azuaga”
A Coleção Marciano Azuaga é caraterística do fenómeno colecionista do século XIX, devido ao seu cunho enciclopédico e heterogéneo, assinalado pelo ecletismo na diversidade de tipologias que abarca.
A azulejaria é parte integrante deste acervo, reunindo exemplares provenientes de diferentes épocas e locais, desvirtuados da sua estreita ligação com a arquitetura. O seu atual contexto museológico permite, ainda assim, testemunhar uma tradição com mais de cinco séculos em Portugal, revelando alguns dos mais notáveis momentos da História do azulejo no país.
 
ID da reunião: 851 6777 4088
Senha de acesso: 610612