Carrinho de Compras

O carrinho ainda está vazio

Curso: Formação - Classificação, Avaliação e Conservação de Jóias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Formação - Classificação, Avaliação e Conservação de Jóias.

Formadora: Marília Ferreira, Avaliadora Oficial da Casa da Moeda

Ação com carga horária de 16h, duas vezes por semana: quartas das 17:30 e 19:30h e sábados das 15:00 as 17:00h (8 sessões).

Objetivos e competências a adquirir:

O principal objetivo desta formação é dotar os alunos de conhecimentos teóricos sobre as tipologias de artefactos de joalharia, com valor no mercado de arte, reconhecendo neles as marcas, o metal e suas ligas e as gemas ou simuladores e no domínio teórico-prático reconhecer as lacunas na obra para que no possível as possam reparar, seguindo os critérios da conservação preventiva.

 

Conteúdos programáticos:

 

A formação de Classificação, Avaliação e Conservação de Jóias consiste no estudo da aplicabilidade de conceitos teóricos e práticos sobre as técnicas necessárias à analise e identificação de como: tipologia da peça; estilo; técnicas empregadas; materiais; qualidade da concessão; uso e alterações e época.

Os conteúdos programáticos incluem as seguintes temáticas:

·         Marcas oficiais e municipais, que dão valor à peça em função da marca e antiguidade

·         Identificar os metais preciosos e outros metais para determinar o seu valor pecuniário.

·         Identificar gemas, finas e sintéticas atribuidoras de valor à peça. 

·          Reconhecer lacunas, conhecer meios para as evitar e a melhor maneira de operar em prol

de as solucionar.

 

 

Bibliografia

 

Identificação de marcas e metais:

 

PINTO, Mª Nogueira (2003). Historias das marcas e Contrastes, Metais Nobres em Portugal: Média Texto.

MORAES, Mª Cristina Mota Gomes de Sousa (2009). Moedas com História II: Colecção do Banco de Portugal, Eurosistema.

INCM (s/d.).Um Período Histórico: 125 Anos de Contrastarias, Impressa Nacional da Casa da Moeda.

SOUSA, Gonçalo de Vasconcelos e (1999) - A Joalharia em Portugal: 1750-1825:Livraria Civilização Editora

ALMEIDA, Fernando Moitinho (1987). Ourivesaria do de Portugal:ARPPA e A.I.O.R.N.

SOUSA, Gonçalo de Vasconcelos e (2012). DICIONÁRIO dos ourives do Ouro e lapidários do Porto e de Gondomar: Universidade Católica Editora-Porto

SOUSA, Gonçalo de Vasconcelos e (2012). DICIONÁRIO dos ourives do Ouro e lapidários do Porto e de Gondomar (A ao X): Universidade Católica Editora-Porto

MONCADA, Miguel Cabral (2006). Peritagem e Identificação de Obras de Arte: Livraria Civilização Editora.

MILLER, Judith (2008). Detetive de Antiguidades: Livraria Civilização Editora.

 

Identificação de Gemas:

 

SCHUMANN, Walter (1995). Gemas do Mundo, Editora ao livro Técnico.

WOODWARD, Christine, Harding Roger (1992). Guia das pedras preciosas, Colecção Habitat, Editorial presença.

DELJANIN, Branko, Simic  Dusan (2008).Diamantes de laboratório, Guia de Informações sobre diamantes gerados por HPHT e CVD, Gemology Headquarters International

BARI, Hubert e Sautter Violaine (2005). Diamantes, Edições Inapa.

GAMA, Jane (2009). Manual técnico de Gemas, Republica Federal do Brasil, Ministério de Minas e Energia, IBGN

 

Métodos de Ensino e Avaliação

 

As aulas são teóricas-práticas, expositivas (com recurso a projetor de vídeo + PC) e práticas, demonstrativas (com recurso a lupas de aumento 10x, textos de apoio e gemas) com a duração de duas horas. Será fornecido todo o material de consulta como tabelas de densidades, marcas e contactos logísticos e de equipamento técnico.

 

Inscrições:

Público em geral - 80€; sócios dos ASCR-CQ - 70€; inscrição para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.;

pagamento presencial na primeira sessão ou por transferência bancária para o NIB 0018 0000 5536 5059 00154. Como o curso só se realizará com um número mínimo de inscrições não concretize a inscrição sem prévia confirmação.

 

 

 

 

 

 

Cronograma

Aulas

Sumário

Método

07/05/14

Apresentação da disciplina, comunicação dos objetivos e motivação para os temas. Apresentação dos critérios identificativos que abrangem várias áreas, como: tipologia da peça; estilo; época; técnicas; materiais; qualidade da concessão; uso e alterações.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

10/05/14

Introdução aos critérios identificativos como: tipologia da peça; estilo e época. Apresentação de tipologias de joalharia e pratas.

Marcas oficiais nacionais e do Espaço Economico Europeu, como indicador de época e teor de metal.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

14/05/14

Introdução aos critérios identificativos como: materiais; qualidade da concessão; uso e alterações. Matais, ligas e soldas, interligados com as técnicas de execução e com o grau de qualidade.

Peças modificadas ao gosto da época.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

17/05/14

Introdução às gemas como aplicação e adornos: gemas inorgânicas e orgânicas, apensas em função de um estilo ou época que determinam e acrescentam valor à peça.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

21/05/14

Introdução a substâncias naturais e produtos artificiais, recorrendo à análise visual de contacto direto.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

24/05/14

Determinação de gemas como substâncias naturais e produtos artificiais, recorrendo à análise visual de contacto direto.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

28/05/14

Apresentação de técnicas identificativas do valor real do metal inerente à peça, descontando o peso das gemas existentes, recorrendo às fórmulas de cálculo.

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

31/05/14

Introdução do conhecimento técnico sobre o valor e o estado de conservação da peça identificando as suas principais lacunas.

Oxidações, lacunas de pedras, destacamentos de materiais ou elementos constituintes da peça. 

Expositivo, interrogativo, ativo e demonstrativo

 

 

 

Certificado

 

A todos os inscritos será passado um certificado de frequência.